segunda-feira, 7 de junho de 2010

Conselho da Europa: “A pandemia de gripe A nunca existiu”.


Euronews / Portugal

A pandemia de gripe A nunca existiu. Esta é a conclusão do relatório aprovado ontem pela assembléia parlamentar do Conselho da Europa, que acusa a Organização Mundial de Saúde (OMS) de ter “sobreestimado o vírus H1N1”.



A investigação, chefiada pelo deputado britânico Paul Flynn, denuncia o "desperdício de fundos públicos na compra de vacinas" e as "ligações entre os peritos da OMS e os laboratórios farmacêuticos".


Um relatório publicado também ontem pelo British Medical Journal revela que as recomendações da OMS teriam sido redigidas por peritos, contratados como consultores por vários laboratórios farmacêuticos.


A OMS enfrenta assim uma nova vaga de críticas, um dia depois de ter decidido prolongar até Julho o nível máximo de alerta de pandemia, em vigor desde Julho de 2009.


Em um ano, a gripe A provocou mais de 18 mil mortos, um número distante das previsões iniciais, quando a gripe sasonal provoca anualmente mais de 500 mil mortes.

Fontes:
Euronews: Gripe A: novas acusações contra OMS


Veja mais: Aqui


Por que será fizeram tanto alarme a respeito da doença?
 

3 COMENTÁRIOS:

Waldemar disse...

Se a gripe nunca existiu então o que continha nas vacinas?

Waldemar disse...

Se a gripe nunca existiu o que continha as vacinas que eles deram pro povo?

Anônimo disse...

Waldemar injetaram outra coisa ruim
eu tive h1n1 e nao tomei vacina só o remedio tamiflu
temos q lutar contra esses carar sao todos illuminatis
SE QUISER ENTREM EM CONTATO

MATHEUS.H1998@HOTMAIL.COM

Postar um comentário

Comenta, Não precisa concordar:

 
Bloggerized by Lasantha - Parceria Aluno Virtual
Real Time Web Analytics